Compartilhe!

No final do mês passado, Anitta se tornou uma das artistas mais ouvidas do mundo no serviço de streaming Spotify. A cantora brasileira alcançou o número 1 no ranking global das músicas mais ouvidas da plataforma com “Envolver”. Entre os dias 24 e 25 de março, foram contabilizados cerca de 6,4 milhões streams, fazendo com que a funkeira se tornasse a primeira brasileira a ocupar o lugar mais alto da lista.

Algumas semanas depois, no entanto, uma informação pode tirar o brilho da conquista da “Girl From Rio”, que lançou nesta terça (12) seu novo álbum, “Versions of Me”, do qual “Envolver” faz parte. De acordo com o site norte-americano Rest of World, a equipe de Anitta manipulou e inflou os números do hit latino, para que a cantora brasileira ocupasse o primeiro lugar na parada global do Spotify.

Na semana passada, o portal publicou uma reportagem com o título “How Anitta megafans gamed Spotify to help create Brazil’s first global chart-topper” (Como os megafãs de Anitta jogaram com o Spotify para ajudar a criar o primeiro líder global das paradas do Brasil, na tradução para o português)

A matéria relembra que, dos 6,4 milhões de strems de “Envolver”, 4,1 milhões vieram do Brasil. O site afirma, no entanto, que isso esconde o que poderia ser uma “manipulação intencional de algoritmos” por parte dos fãs da cantora, o que “potencialmente violaria os termos e condições de serviço do Spotify”. Ainda segundo o site, tudo teria sido incentivado pela própria equipe de Anitta.

Fonte: Em Off

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Ouça AO VIVO preloader{ display: none;